O portal de notícias que mais cresce em Tocantins

Como o produtor rural pode aumentar o acesso ao crédito

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O importante Plano Safra 2022/2023 vai destinar cerca de R$ 340 bilhões para incentivar a produção agropecuária brasileira até junho de 2023. O valor é expressivo, mas não é suficiente para atender toda a demanda de crédito do segmento, que hoje é estimada em R$ 750 bilhões.

A solução está na utilização de tecnologias que auxiliam o produtor na captação desses recursos, bem como na emissão de laudos de imóvel rural em casos de alienação fiduciária ou hipoteca.

Genival Nascimento, que está à frente da gestão e condução dos negócios da Inspecto Agri (www.inspectoagri.com), explica que, dentro deste contexto, uma alternativa eficaz é a plataforma PICC, desenvolvida pela Inspecto Agri, que funciona off-line e pode ser controlada diretamente pelo cliente, por um celular ou tablet, permitindo a contratação de diversos serviços dentro da esteira de crédito incluindo o acompanhamento das lavouras por intermédio dos agrônomos responsáveis pela avaliação e precificação de imóveis rurais e riscos de produtividade das lavouras dadas como garantia.

Senar

“A solução proposta pela Inspecto Agri, auxilia os players na formalização dos instrumentos de crédito relacionados ao financiamento, principalmente em operações de barter (troca).  A plataforma suporta uma base de dados consolidada de diferentes fontes de dados do governo e parceiros de Bureau de Crédito, análise do histórico da terra e produção, utilizando imagens de satélites, bem como análise de risco climático, balanços financeiros e sugere o crédito baseado na capacidade não somente de pagamento, mas também de produção de um determinado produtor”, pontua Genival Nascimento.

A plataforma PICC conta com mais de 10 diferentes tipos de integrações. “O credor consegue fazer toda a operacionalização desde a formalização até a liquidação, em uma única plataforma, conseguindo um ganho de até 45% do tempo em relação aos processos tradicionais. Hoje, o mercado de crédito exige um processo cada vez mais rápido e uma comunicabilidade entre os departamentos para atender a demanda do produtor e melhorar a sua experiência”, observa.

Expansão – Após a oficialização da venda de 30% da participação societária da Inspecto S/A para a Viasoft, a Inspecto Agri iniciou a expansão dos negócios nas regiões produtoras no Sul do Brasil, atuando fortemente nas áreas de seguro, crédito, Gestão de Risco e mercado de captura de valores no Agro no país, e através da PICC projeta movimentar mais de 7bilhões em operações de financiamento agrícola na plataforma no ano de 2022 .

“A PICC, primeira plataforma para gestão de risco de operações financeiras em relações mercantis agrícolas e agropecuárias para o mercado de crédito no agronegócio envolvendo a formalização de contratos de originação de grãos, crédito e barter através de CPR e CPRF, está em constante atualização incluindo buscas automatizadas de CNDs, assinaturas eletrônicas e digitais dos instrumentos de crédito com direito a registro em cartórios digitais e no Banco Central via CERC de acordo com as normas da nova MP do Agro”, finaliza Genival, CEO e Fundador da Inspecto Agri. Para saber mais sobre a plataforma PICC e sobre a Inspecto Agri, acesse www.inspectoagri.com

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.