O portal de notícias que mais cresce em Tocantins

Grande transformação do TO requer projetos de estímulo ao desenvolvimento sustentável, avalia Mourão na Fieto

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Gerar empregos e distribuir riquezas para a população na forma de renda, é possível, na avaliação do pré-candidato ao governo do estado pelo Partido das Trabalhadoras e dos Trabalhadores do Tocantins (PT-TO), Paulo Mourão, que visitou a Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), nesta quarta-feira, 6, em Palmas, onde conversou sobre projetos de desenvolvimento da economia do Tocantins, com geração de emprego e renda, bem como a importância do desenvolvimento sustentável com valores agregados na produção como um todo.

 

“A proposta que debatemos durante visita a Fieto, comandada pelo competente Presidente Dr Roberto Pires, e sua magnífica equipe de estudiosos, coordenada pelo Dr. José Fernandes, com a temática Desenvolvimento Industrial e Econômico do Estado.

Com intuito central de estimular as cadeias produtivas a aumentarem a produtividade e a produção agregando valores na comercialização e exportação dos produtos”, destacou Mourão.

 

“Desde que foi fundado o Tocantins está na 24ª posição no ranking do PIB, dentre as 27 Unidades da Federação. É característico que um estado que nunca teve uma política de desenvolvimento sustentável e estruturada considerando as cadeias produtivas e sua potencialidades e eixos modais,  esteja nessa situação, estagnado na mesmice”, destacou Mourão ao avaliar que é preciso reorganizar a cadeia produtiva e uma reforma tributária justa e moderna, investir na geração de emprego e renda com atenção à indústria, a agroindústria, fortalecimento do comércio , da prestação de serviços e empreendedorismo, e da construção civil com intuito de alavancar o PIB do Tocantins, gerando como efeito e resultados  consequentemente a melhora da vida e felicidade das Trabalhadoras e dos  Trabalhadores.

 

Senar

De acordo com o pré-candidato uma política de desenvolvimento estruturado é premissa para o desenvolvimento do estado como um todo. “É preciso pensar a base produtiva do Tocantins aliada a um governo que valorize e estimule parcerias, que gerem desenvolvimento para todos e todas”, avaliou Mourão.

 

Para o pré-candidato, a educação é ponto fundamental para o avanço de um povo e por isso destacou sua preocupação com a presença das universidades  e IFTO’S, no processo de desenvolvimento sustentável do TO. “Com as Academias atentas e participativas na formação por competência, formando e capacitando mão de obra qualificada, que será aproveitada nos mais diversos setores. É uma política de desenvolvimento integrado com as universidades e os Sistema S como um todo, no sentido de qualificação da mão de obra tocantinense em todas as áreas de produção”, apontou.

 

“Os governos do Tocantins nunca tiveram essa visão, no sentido de possibilitar parcerias e assim desenvolver a indústria de transformação, a agricultura familiar, o  agronegócio, e a pecuária consorciado as agroindústrias animais de pequeno porte , o setor produtivo primário, principalmente no que diz respeito à produção de alimentos”, ressaltou Mourão, ao lado do Professor Ricardo Marcílio do IFTO e do Professor Especialista, Aires Paulo Pedro Panda.

 

Neste processo, a Fieto também tem papel fundamental tendo em vista seu papel de principal interlocutor dos interesses do setor industrial e qualificação produtiva do Tocantins e Paulo Mourão esteve ao lado de José  Fernandes, Conselheiro da Previdência da Fieto, Gleicilene Bezerra, Economista da FIETO e Amanda Barbosa, gerente da Unidade de Desenvolvimento Industrial da FIETO a quem deixou os parabéns, à toda diretoria da Federação pela atuação colaborativa e pela sua característica moderna na representação do setor.

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.