O portal de notícias que mais cresce em Tocantins

Agricultura Irrigada tocantinense é destaque na reunião da Rede Nacional de Irrigantes

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Criada para fortalecer agricultura irrigada no Brasil, a Rede Nacional de Irrigantes (RENAI) composta por associações de todo o país, reuniu seus membros, entre eles a Associação dos Produtores Rurais do Sudoeste do Tocantins -APROEST, nesta última quinta, 09, em Brasília (DF), para discutir as atividades prioritárias nos âmbitos técnico e político para o desenvolvimento sustentável da agricultura irrigada no Brasil. Atualmente, a entidade conta com 58 membros, representantes de associações de irrigantes, polos de irrigação, indústria e membros dos principais nichos da agricultura que utilizam a irrigação, sob coordenação da Embrapa Cerrados (DF).

O Tocantins foi destaque, pois no estado está o maior projeto de agricultura irrigada por subinundadação da América Latina. “Produtos cultivados na região, como arroz, soja para sementes milho, feijão caupi/mungo e melancia, chegam à mesa de milhares de brasileiros, além de serem exportados para outros países”, destacou o superintendente executivo da Aproest, Wagno Milhomem, pontuando também a geração de emprego e renda e movimentação positiva na economia local dos municípios.

Sobre o encontro, o superintendente executivo da Aproest reforçou a importância de se discutir o tema, pois com a irrigação é possível triplicar a produção de alimentos sem precisar abrir novas áreas. “O Tocantins pode e deve ampliar suas áreas irrigadas, de forma sustentável e sempre seguindo as leis vigentes. Vamos gerar mais emprego e renda, movimentar a economia e alcançar novos mercados consumidores”.

Milhomem também destacou que foi assinada a autorização para o início da construção de 14 elevatórias em Lagoa da Confusão, em Tocantins. A obra irá receber R$ 34 milhões em investimentos para a contratação de estudos, elaboração de projeto executivo, execução e montagem das estruturas.

“As barragens móveis servirão para conter o fluxo de água para o período de seca, garantir segurança hídrica para produção de alimentos e preservar as demais atividades do rio. A previsão é que cerca de 200 mil pessoas sejam beneficiadas nas regiões do Vale do Araguaia e da Bacia do Formoso”, detalhou.

RENAI
De acordo com Lineu Rodrigues, chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Cerrados e fundador da RENAI, “temos muitas razões para criar essa rede. A demanda por alimentos está aumentando em todo o mundo e a produção de alimentos vai ter que aumentar. Esse cenário ainda é agravado pelas mudanças climática e por outras situações, como a procura da população por alimentos diferenciados. Precisamos nos apropriar das tecnologias que já existem para produzir mais alimentos e garantir que todos tenham acesso a eles”.

Segundo a rede, o Brasil é um dos poucos países do mundo com capacidade de triplicar sua área irrigada de forma sustentável. O País possui cerca de 8,2 milhões de hectares irrigados (3,3% do total da área plantada), mas pode chegar a 55 milhões de hectares – o maior potencial de crescimento no mundo. “A irrigação é, sem dúvida, a tecnologia com maior potencial de contribuir para o aumento da segurança alimentar e ambiental, bem como para redução da fome e da pobreza, além de gerar grande número de empregos”, cita o documento.

A produtividade de algumas culturas pode ser três vezes maior do que a de sequeiro e algumas culturas, como a do arroz, pode produzir até seis vezes mais. Rodrigues explica que o Brasil possui uma forte rede de instituições de pesquisa, que geram tecnologias que são referência para o mundo e destaca que os principais desafios da irrigação no País não são tecnológicos, mas estão relacionados à falta de articulação e integração entre as instituições públicas e privadas para que a agricultura irrigada possa se consolidar, utilizando plenamente todas as vantagens da tecnologia disponível.

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.