O portal de notícias que mais cresce em Tocantins

Governo do Tocantins anuncia fim do decreto de enfrentamento à pandemia e determina estudos para a realização de concurso da Saúde

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Governo do Tocantins anunciou nesta segunda-feira, 30, durante reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus, que revogará o decreto de Calamidade Pública no Estado em razão da pandemia da covid-19. Após mais de dois anos de atuação, o Comitê também será dissolvido com o fim do estado de calamidade pública.

“Parabenizo muito a equipe pela dedicação e trabalho. Nós vimos que a única forma de controlar essa doença é a vacinação e vamos continuar as campanhas nos municípios. Precisamos reforçar a vacinação para aumentar ainda mais o percentual de imunizados no Estado. Hoje temos o controle da doença, então não há necessidade do Decreto de Estado de Calamidade Pública. Os trabalhos do Comitê foram finalizados de forma positiva”, afirmou o governador Wanderlei Barbosa.

Conforme a Secretaria de Estado da Saúde, o balanço apresentado pelo Comitê apresenta estabilidade e controle da covid-19 no Estado, sem alta nos números de óbitos por conta da doença, mesmo com o aumento de casos suspeitos registrados nas últimas semanas.

De acordo com o secretário de Saúde do Tocantins, Afonso Piva, o trabalho de combate e tratamento da covid-19 na saúde pública continuará. “Avançamos muito no enfrentamento à covid-19. A doença vai continuar sendo tratada como um problema que precisa de cuidados. Terá sua atenção. Mas em relação à forma de tratamento, estamos bem mais preparados”, afirmou.

Melhorias na Saúde

A Gestão Estadual destacou o reforço e atenção na estruturação da saúde, com a ampliação de leitos, a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), contratação de corpo profissional hospitalar, compra de vacinas e divulgação da campanha de vacinação em todos os municípios do Estado.

Ainda durante a reunião, o Governo do Tocantins instituiu a comissão responsável pela análise de viabilidade do concurso público de provas e títulos para o provimento dos Cargos, Carreiras e Remuneração do Quadro da Saúde. “Autorizamos a comissão a fazer os estudos do cenário. Vamos observar todos os cargos que estamos precisando na saúde e no momento oportuno lançaremos o concurso público”, garantiu o Governador.

O secretário Afonso Piva reforçou que a análise vai ser realizada com celeridade, para que se tenha um panorama das necessidades de profissionais na área da saúde. “A comissão é um trabalho conjunto entre a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Administração. O mais rápido possível vamos fazer o processo de seleção. Vamos trabalhar na possibilidade de fazer um processo geral ou um processo para profissionais específicos”, pontuou.

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.