O portal de notícias que mais cresce em Tocantins

Prof. Júnior Geo cobra soluções para os problemas da saúde, educação e segurança pública

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

“Os tocantinenses estão sofrendo as consequências graves da falta de gestão que cabe ao governo estadual resolver os problemas da saúde, da educação e da segurança pública que precisam ser considerados como investimento e não como gastos” – assim se posicionou o deputado estadual Professor Júnior Geo (PSC), durante pronunciamento, na sessão ordinária desta terça-feira, 24.

De acordo com Júnior Geo, numa analogia familiar, o Estado precisa ver os tocantinenses como filhos que necessitam de cuidados e de proteção em suas necessidades básicas de saúde, educação e segurança pública que não têm cumprido com suas obrigações se considerarmos as deficiências apresentadas.

Saúde

Os filhos do Tocantins precisam de Hospitais Regionais e do Hospital Geral de Palmas (HGP) com serviços, servidores e equipamentos que promovam a solução dos problemas, como por exemplo, a realização das cirurgias eletivas que estão se acumulando e agravando os quadros clínicos dos pacientes. “Que pai deixa seus filhos assim, sem cuidados? Só o HGP acumula mais de 2 mil cirurgias eletivas sem realizar e outros 5 mil pacientes aguardam cirurgia em todo o Estado e elas não acontecem e nem têm data para a realização” – questiona Geo.

Segurança

Segundo o Professor Júnior Geo, “o Estado gasta com curso de formação e armamento de um soldado, por exemplo, cerca de R$ 6 mil mensais e com 1000 soldados, R$ 6 milhões, para proteger a sociedade e isso não pode ser considerado como gasto porque está em jogo a vida dos tocantinenses que cabe ao Estado cuidar e proteger, então isso é investimento e não gasto” – reafirma o parlamentar.

Rodovias

Outro setor deficitário é a infraestrutura, sobretudo no que diz respeito às condições de conservação das estradas estaduais que estão, segundo o deputado, intransitáveis e causando graves acidentes. “Ambulâncias que transportavam pacientes para tentar salvar-lhes as vidas, são vítimas dos buracos das rodovias que acabam promovendo acidentes graves e até fatais” – lamenta o Professor Júnior Geo enquanto pede providências do Governo Estadual.

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.