O portal de notícias que mais cresce em Tocantins

Com fim do auxílio emergencial, retirada da poupança bate recorde em janeiro

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A tradicional caderneta de poupança registrou saída líquida de 18,153 bilhões de reais em janeiro, interrompendo uma série de dez meses de captação líquida, informou o Banco Central (BC) nesta quinta-feira.

Foi o pior resultado desde o início da série histórica, iniciada em 1995, em desempenho que coincidiu com o fim da concessão do auxílio emergencial aos mais vulneráveis paga pelo governo em medida de enfrentamento à crise da Covid-19.

Até então, o maior saque líquido mensal da poupança havia sido de 12,356 bilhões de reais, em janeiro do ano passado.

Em 2020, em meio ao desenvolvimento da pandemia da Covid-19 e os impactos na economia, a caderneta de poupança registrou entrada líquida de 166,310 bilhões de reais, maior captação anual desde o início da série histórica.

No mês passado, os saques superaram os depósitos em 16,643 bilhões de reais no Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), enquanto na poupança rural houve retirada líquida de 1,510 bilhão de reais.

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.