O portal de notícias que mais cresce em Tocantins

Prepare-se para a reabertura: saiba o preço e como fazer teste para covid

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Os laboratórios privados brasileiros oferecem uma série de testes para diagnosticar a covid-19 e identificar a presença de anticorpos, que podem garantir imunidade contra novas infecções pelo coronavírus. Esses exames serão importantes nos próximos meses, quando é esperado que os governos estaduais iniciem o relaxamento da quarentena

A reabertura da economia nos Estados, como anunciado pelo governador de São PauloJoão Dória, vai depender do monitoramento do contágio. O índice de imunidade também será um importante indicativo. Os testes que identificam o contágio e a presença de anticorpos, no entanto, são diferentes. Saiba quais são, como fazer e quanto custa cada modalidade: 

Teste rápido 

Os testes “rápidos” são chamados de imunocromatográficos, mas podem ter especificações diversas. No geral, quase todos os aprovados no Brasil até agora funcionam com uma amostra de sangue, coletada rapidamente. A amostra é analisada em poucos minutos pelo aparelho que faz o teste (batizado de “cassete”). Os resultados podem sair em menos de 20 minutos.

Senar

Após entrar em contato com um reagente, a amostra corporal pode apresentar níveis específicos de anticorpos, que o corpo produz para combater vírus como o Sars-CoV-2, nome oficial deste novo coronavírus. Se houver certa quantidade de anticorpos, é sinal de que o paciente está infectado. As empresas afirmam que a confiabilidade dos testes está acima de 90%.

Essa é o tipo de teste oferecido pelo grupo “#2em2”, criado por uma dezena de empresas em São Paulo. A iniciativa permite agendar o exame e receber o resultado pelo aplicativo de entregas Rappi. As coletas de sangue serão feitas nos estacionamentos dos shoppings parceiros, em modelo de drive thru, por profissionais de saúde treinados pela Cia da Consulta, uma das empresas parceiras. 

O movimento ganhou esse nome porque, a cada teste vendido, um será doado para hospitais públicos e filantrópicos na mesma região onde o primeiro teste foi comprado. O valor do exame é de 251 reais por pessoa e deve ser agendado diretamente no Rappi.

Já a startup Hilab está oferecendo o mesmo tipo de teste por um valor menor: 130 reais. A empresa é a criadora de um um minilaboratório de 12cm³ que realiza cerca de 15 exames, entre eles o de gravidez, glicemia, e zika. Com um furo na ponta do dedo, uma quantidade mínima de sangue é colocada na máquina que é uma espécie de “Nexpresso” do exame de sangue.

Os testes são oferecidos pelas farmácias parceiras da companhia. Uma lista de estabelecimentos pode ser encontrada aqui. 

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.