O portal de notícias que mais cresce em Tocantins

Brasil tem 807 mortes por covid-19 em 24h, e total chega a 23.500 óbitos

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Depois de leve queda no domingo, 24, o número de mortes por covid-19 no Brasil voltou a subir nesta segunda-feira, 25. Em um dia foram mais 807 vítimas e 11.687 testes positivos. Segundo o Ministério da Saúde, no país são 374.898 casos confirmados e 23.473 óbitos.

O Ministério da Saúde tem explicado que o número de confirmações cai aos finais de semana porque a capacidade de preenchimento dos relatórios de atualização é reduzida. Geralmente às terças é divulgado o maior número da semana porque são zerados os exames pendentes no sistema.

Com a maioria dos casos no país, o estado de São Paulo registrou mais 1.464 casos de coronavírus nas últimas 24 horas, e chegou a 83.625 casos. Mais 57 pessoas morreram em decorrência da doença desde o balanço divulgado do domingo, fazendo o total de óbitos chegar a 6.220 no estado.

Índice considerado chave para o relaxamento da quarentena, a taxa de isolamento na capital paulista foi de 57% no domingo, 24, acima da meta de 55%. A cidade vive um feriado prolongado de seis dias que termina nesta segunda. O estado teve 55% de isolamento.

Senar

Em entrevista à GloboNews nesta segunda, o governador João Doria (PSDB) disse que a partir do dia 1º de junho será adotada uma quarentena por regiões. Ele ainda descartou o lockdown.

O Rio de Janeiro confirmou mais 112 mortes por covid-19 e 1.386 novos casos da doença no período de 24 horas. Com isso, o estado ultrapassou a marca de 4.000 mortes, chegando a 4.105 desde o início da pandemia. Os casos são 39.298.

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), declarou nesta segunda-feira, 25, que as medidas atuais de isolamento vão permanecer esta semana. Crivella, contudo, indicou que o Rio poderá afrouxá-las no início de junho. Bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, o prefeito também decidiu incluir as igrejas na lista de serviços essenciais.

Na capital do Paraná, os shoppings voltaram a funcionar nesta segunda. Mas para abrir, precisam seguir uma série de medidas sanitárias definidas pelas Secretarias de Saúde do estado e de Curitiba.

O estado, um dos menos afetados pela pandemia, tem 3.331 casos e 156 mortes.

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.