O portal de notícias que mais cresce em Tocantins

Indústria e Comércio trata com Banco do Brasil sobre linhas especiais de crédito para atender a classe empresarial

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Serviços (SICS) se reuniu com a superintendência comercial do Banco do Brasil para tratar de linhas especiais de créditos que podem ser disponibilizadas aos empreendedores e aos micro e pequenos empresários para enfrentar os impactos da crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

Durante a reunião, o superintendente Raul Abu Bakr Mohamed Wahbe informou à diretora de Indústria, Comércio e Serviços, Genny Pinheiro, que o Banco conta com linhas especiais para capital de giro para apoiar os empresários na compra de insumos e para pagamento da folha salarial.

A instituição está financiando até duas folhas de pagamento das empresas a taxa de juros de 3,75% ao ano com prazo de 36 meses para pagamento  e seis meses de carência, de acordo com a Medida Provisória 944/2020 que instituiu o Programa Emergencial de Suporte a Empregos.

“Eu tenho falado que o momento em que nós vivemos vai requerer muito do empresário para se adaptar ao momento, mas é importante conversarmos com nossos fornecedores, reorganizarmos nosso fluxo de caixa, ” recomendou.

Além disso, a instituição está disponibilizando R$ 0,5 bilhão de reais para o estado através da linha BB Investe Tocantins para a compra de máquinas e equipamentos com prazo de até 60 meses para pagar.

Senar

Vendas online

Durante a reunião, foram discutidas ainda formas que a instituição poderia ajudar setores específicos da economia que precisam ampliar suas vendas. Uma destas ferramentas é a plataforma Vale MPE, lançada recentemente pelo banco, que irá intermediar a venda de produtos e serviços entre os clientes da instituição. O superintendente do Banco propôs uma parceria com o Governo do Tocantins, através da SICS, para ajudar a divulgar a plataforma entre os empresários. Sobre este assunto, nova reunião deve ser agendada para alinhar a parceria.

Prorrogação

Para ajudar os empresários neste momento, o superintendente esclareceu ainda que banco disponibilizou para o Tocantins R$ 17,6 milhões em prorrogação de parcelas para daqui 60 dias. “O banco lançou também um programa para que o empresário possa reorganizar suas dívidas e começar a pagar em até 120 dias”, acrescentou.

Segundo o secretário da Indústria, Comércio e Serviços e presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, esta iniciativa de visitar as instituições financeiras é uma forma de fazer chegar até o empresário informações que ele tanto precisa para aliviar sua vida financeira. “Entendemos que neste momento a classe empresarial precisa estar munida de informações para escolher a melhor alternativa que possa ajudá-lo a enfrentar os reflexos econômicos causados pela pandemia e esta é uma recomendação do governador Mauro Carlesse de estarmos junto da classe empresarial ”, afirmou.

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.